Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

MEDICINA ORTOMOLECULAR

A Medicina Ortomolecular é um princípio das atividades da chamada Medicina Preventiva no qual se constitiu que as doenças são resultado de desequilíbrios químicos. Assim, os tratamentos ortomoleculares buscam a restauração dos níveis de vitaminas e minerais considerados ideais no organismo. Medicina Ortomolecular é o ramo da ciência cujo objetivo primordial é restabelecer o equilíbrio químico do organismo. Este acerto (orto=certo) das moléculas se dá através do uso de substâncias e elementos naturais, sejam vitaminas, minerais, e/ou aminoácidos. Estes elementos,além de proporcionarem um reequilíbrio bioquímico, combatem os radicais livres. Mas por que o organismo se desequilibra? Para entendermos como isto se dá, podemos partir de uma analogia. O organismo é uma máquina que está permanentemente se produzindo. Durante este processo de produção podem surgir falhas, seja na chegada de matéria-prima (vitaminas, minerais, etc.), seja na própria integração de todo e qualquer sistema que compõe…

A IMPORTÂNCIA DA VITAMINA D

A vitamina D é muito importante para manter o nível do cálcio no sangue e para a saúde dos ossos. Exerce um papel essencial na maioria das funções metabólicas e também nas funções musculares, cardíacas e neurológicas. Sem ela uma criança pode ficar raquítica e um adulto pode sofrer enfraquecimento dos ossos. A deficiência da vitamina D pode precipitar e aumentar a osteoporose.

Além disso, há evidências de que tem profundos efeitos no regulamento do crescimento celular e em nossos sistemas cardiovasculares e imunológicos. Há uma forte associação da exposição ao sol e o aumento nos níveis sanguíneos da vitamina D, promovendo a diminuição do risco de cânceres comuns: colo do útero, mama, próstata e ovário.

A deficiência da vitamina D tem sido associada a um risco acentuado de diabetes Tipo 1. O contrário também é verdade. Níveis adequados de vitamina D também correspondem a um menor risco de diabetes. Estima-se que cerca de 80% a 100% da quantidade necessária de vi…